6 de jan de 2009

Carro vermelho

Inspirada num pedido

O carro era novo. Vermelho. A felicidade estava estampada no rosto dele. Lembrou-se da amiga infeliz. Queria dividir sua felicidade para vê-la voltar a sorrir.

- Bora dar rolê – ele pulava.

- Pra onde? – a amiga perguntava.

- Pra onde o carro vermelho nos levar – ele delirava.

Riram.

Pegaram uma vicinal. Música alta. Ele estava extasiado. A amiga continuava sorumbática.

- Se alegra por mim. Meu primeiro carro – ele implorava.

- É muito legal. Você fica até bonito dentro dele - a amiga se esforçava.

- Não exagera - ele contestava.

Riram.

- To sentindo que agora minha vida vai mudar. Tenho um carro. Sabe a importância disso na vida de um solteiro? – ele fantasiava.

- Imagino. Mas, se você soltar o volante de novo para acariciar o painel, essa vida de solteiro importante pode ser mais curta – a amiga profetizava.

- Foi mal - ele se desculpava.

Riram.

- Essa estrada tá linda. Nem precisa de farol. A lua ilumina tudo – ele suspirava.

- Apaga o farol. E abaixa o volume. Detesto som alto dentro de carro – a amiga manipulava.

- Você é uma velha, mas é louca – ele sentenciava.

Riram.

- Só mais um pouco. To chegando a 150 – ele pisava.

- Olha o volante – a amiga frisava.

- É verdade - ele se lembrava.

Riram.

- Que emoção. 170 – ele acelerava.

- Você é um moleque louco – a amiga exaltava.

- Louco, mas feliz - ele cantava.

Gargalharam.

- 180. Puta que o pariu – ele se excitava.

- Segura a porra do volante – a amiga alertava.

- Esqueci - ele agora segurava.

Um animal atravessou a pista enluarada.

Silêncio – o carro vermelho capotava.

Um comentário:

  1. Guerreiro (cheap leader)06/01/2009 20:11

    Pô pedido ou ordem?? Rapaz, lembra da música do Rei? Meu carro é vermelho, não uso espelho p me pentear, botinha sem meia, só na areia sei trabalhar, cabelo na testa (normal até no trampo) sou o dono da festa, pertenço aos 100000000000000000000000000000000000 mais hahahaha se vc quiser, experimentar só colocar gasolina !! uahuhauhuah

    Belo texto Fá, q moral hein João abraço a todos

    Guerreiro

    ResponderExcluir