2 de mai de 2009

Canteiros

Inspirada num poema


Tem um cantor/compositor brasileiro um tanto marginalizado, de nome Raimundo, que é o cara que musicou alguns dos mais belos poemas já escritos.

Tudo bem que as borbulhas de amor o denigrem, mas, "Canteiros" é um dos exemplos de sua genialidade...

Inspirada no poema "Marcha" http://www.cin.ufpe.br/~ago/poesias/cmeireles de Cecília Meireles essa música é, para mim, uma das mais belas representações do sentido da vida.

Sutilmente nos indica o caminho, nos fazendo seguir em frente apesar das dores passadas, nos dizendo para transformar o sentimento de perda em saudades. Lembrando-nos de fechar os olhos para olharmos dentro de nós mesmos.



Canteiros,
Raimundo Fagner.

Quando penso em você

Fecho os olhos de saudade

Tenho tido muita coisa

Menos a felicidade

Correm os meus dedos longos

Em versos tristes que invento

Nem aquilo a que me entrego

Já me dá contentamento

Pode ser até manhã

Sendo claro, feito o dia

Mas nada do que me dizem

me faz sentir alegria

Eu só queria ter do mato

Um gosto de framboesa

Pra correr entre os canteiros

E esconder minha tristeza

E eu ainda sou bem moço pra tanta tristeza ...

E deixemos de coisa, cuidemos da vida

Senão chega a morte

Ou coisa parecida

E nos arrasta moço

Sem ter visto a vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário